O rover Curiosity acaba de receber uma nova atualização de software. O dispositivo da NASA que percorre Marte há mais de uma década esteve parado durante quatro dias no início deste mês para receber um volumoso conjunto de alterações destinadas a melhorar a performance do veículo enquanto percorre o planeta vermelho.

A intervenção trouxe consigo um total de 180 mudanças, que pretendem facilitar aspetos como a criação de planos complexos com centenas de comandos, permitir o download de pacotes de software com mais facilidade do que antes ou ajudar os engenheiros da equipa a planearem os movimentos do braço robótico do Curiosity com mais eficiência.

No conjunto alargado de alterações a NASA faz questão de destacar as que influenciam as capacidades de condução do rover enquanto percorre a superfície marciana, e que lhe vão permitir cobrir o terreno mais rapidamente.

Curiosity encontrou novas pistas sobre existência de água em Marte (onde não era suposto)
Curiosity encontrou novas pistas sobre existência de água em Marte (onde não era suposto)
Ver artigo

A inovação mais significativa está relacionada com a capacidade de deixar o rover “pensar enquanto se move”, melhorando a orientação no espaço. Ao contrário do Perseverance, que possui um computador dedicado que permite capturar imagens e processá-las em movimento, o Curiosity foi projetado para “conduzir” em segmentos, parando após cada um para avaliar as imagens captadas do terreno próximo, para que possa planear uma rota segura seguinte.

Embora continue a exigir que o Curiosity pare após cada segmento, o novo software permitirá que o rover processe as imagens muito mais rapidamente do que antes, contribuindo para acelerar o tempo de viagem.

Outra atualização do software que também vai contribuir para dar mais velocidade ao veículo robótico, está relacionada com o algoritmo de direção, mais especificamente mudando a ordem em que as rodas giram quando o Curiosity se movimenta em arco. Tal permitirá que o rover realize menos mudanças de direção, também reduzindo o desgaste das suas rodas de alumínio.

Esta foi a primeira grande atualização de software do Curiosity em sete anos, que tinha recebido um pacote de alterações em 2016. O rover está em Marte desde 2012.

Veja algumas das imagens que documentam a missão do Curiosity desde que "amartou"

Ao longo dos mais de 10 anos no planeta vermelho, o rover prossegue pleno e confiante na sua missão e soma várias descobertas feitas. Encontrar rochas onduladas que sugerem a existência de lagos numa região antiga do planeta vermelho que os cientistas esperavam ser mais seca é uma das mais recentes.

No início de março, enquanto prosseguia a sua campanha de perfuração, o rover da NASA conseguiu retirar uma amostra do leito rochoso Tapo Caparo, mas não ganhou para o susto quando o pedaço de rocha alvo se despedaçou durante a perfuração.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.