Desde o início da invasão russa à Ucrânia que várias redes sociais e plataformas online têm estado debaixo de fogo. Esta semana o Google voltou a estar na mira das autoridades russas, que o multaram em 21 biliões de rublos, o equivalente a cerca de 355 milhões de euros, naquela que é vista como a maior coima aplicada pelo país a uma tecnológica.

Numa publicação no seu canal de Telegram, o Roskomnadzor, o regulador russo das telecomunicações, indica que a gigante de Mountain View não tomou medidas suficientes para bloquear o que descreve como “informação falsa” acerca do conflito com a Ucrânia no YouTube.

O regulador alega que a empresa também não removeu conteúdo que “promove extremismo e terrorismo”, assim como vídeos que apelam à participação, incluindo de menores, em “manifestações não autorizadas”.

Rússia começa a multar Google e YouTube por disseminarem “informação falsa”
Rússia começa a multar Google e YouTube por disseminarem “informação falsa”
Ver artigo

Ainda em abril, um tribunal russo multou a Alphabet, dona do YouTube e da Google, alegando que os dois serviços estavam a “disseminar informação falsa” sobre o conflito na Ucrânia.

A subsidiária russa da Google, que recentemente declarou falência por não conseguir cumprir as suas obrigações financeiras, tem sido pressionada pelo governo de Vladimir Putin por não apagar conteúdos considerados como “ilegais” e por limitar o acesso a certos meios de comunicação russos no YouTube.

Recorde-se que, em março, um tribunal de Moscovo baniu o Facebook e Instagram na Rússia, alegando que as redes sociais estavam a desenvolver "atividades extremistas". A Rússia ainda multou o Twitter, que foi também bloqueado no país, por manter acessíveis "conteúdos proibidos".

As redes socias têm sido usadas para divulgar informação sobre a invasão russa mas há também muitas imagens e vídeos manipulados a circular.

As imagens de satélites, de fontes oficiais, são um dos recursos das autoridades e dos media para mostrar a devastação na Ucrânia e os pontos chave dos ataques.

Clique nas imagens para mais detalhes

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.