Depois de alguns híbridos, a Acer é a primeira empresa a apostar no Chrome OS como sistema operativo de um tablet.

O Chromebook Tab 10, como se chama, apresenta um display de 9,7 polegadas e foi desenhado com os mais novos em mente, uma vez que o público-alvo são as escolas.

Talvez por essa razão a lista de especificações não coloque este equipamento no topo do segmento. No interior, o tablet esconde uma RAM de 4GB, uma memória interna (expansível por microSD) de 32GB e um processador de seis cores Rockship OP1. A câmara frontal tem 2MP, ao passo que a traseira chega aos 5MP. A isto junta-se ainda uma porta USB-C que tem capacidade para carregar outros dispositivos.

O principal atrativo deste equipamento, contudo, não reside na eletrónica, mas sim no software. O Chrome OS garante uma segurança superior ao Android, por exemplo, dada a sua lógica fechada de funcionamento, muito ao estilo do que acontece nos sistemas da concorrente Apple. Note, no entanto, que este OS permite ainda o download e a gestão de aplicações da Play Store, tal como acontece no Android.

O tablet vai chegar à Europa em maio, com um preço base de 329 euros. Para completar o conjunto, haverá também uma caneta digital que pode ser utilizada para desenhar e tirar notas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.