Duas semanas após o início da votação, há três vocábulos que lideram a corrida à Palavra do Ano de 2021: vacina, resiliência e teletrabalho.

Os números mostram que, à semelhança do que aconteceu em 2020, o contexto pandémico também marcou o ano de 2021. Com cerca de 30 mil votos contabilizados até ao momento, já é possível identificar tendências.

Numa altura em que já decorreu metade do período de votação, o destaque vai para a maior arma contra a COVID-19, a “vacina”. No segundo lugar do pódio surge “resiliência”, apontada como uma característica fundamental para lidar com o impacto da pandemia (e respetivas medidas de combate) na saúde, economia e bem-estar.

Já “teletrabalho” ocupa atualmente a terceira posição por ser considerado determinante para assegurar a continuidade de diversas atividades económicas ao longo do ano.

A votação continua em aberto até 31 de dezembro, a partir do endereço www.palavradoano.pt e, além dos três vocábulos já mencionados, os portugueses ainda podem escolher entre apagão, bazuca, criptomoeda, mobilidade, moratória, orçamento e podcast. O resultado será divulgado em janeiro.

Em 2020, ano indubitavelmente marcado pela COVID-19 e pelo confinamento, os portugueses escolheram “saudade” como a Palavra do Ano, espelho do impacto que o distanciamento físico e a rutura de rotinas tiveram no quotidiano da comunidade. Em janeiro será conhecida a escolha dos portugueses para 2021.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.