A Academy Software Foundation (ASWF) tem como missão aumentar a qualidade e quantidade de contribuintes para a criação de uma base de software open source. A fundação estimula ainda a coordenação de esforços para projetos cruzados, a fim de oferecer aos indivíduos e organizações um ecossistema de software com código aberto.

Nesse sentido, o projeto que foi fundado pela Academia de Hollywood em parceria com a Fundação Linux, conta com nomes sonantes como a Dreamworks, a Cisco, Google Cloud, Autodesk, Intel, Disney, Pixar e a Epic Games de Fortnite, para referir alguns. A Variety avança agora que a Sony Pictures e a Warner Bros. juntam-se a esta comunidade, assim como a VES (Sociedade de Efeitos Visuais) e a Blender Foundation.

Do idealismo à massificação, por que caminho vai o Open Source?
Do idealismo à massificação, por que caminho vai o Open Source?
Ver artigo

A Academia refere a importância dos novos membros, salientando que a indústria do entretenimento está de mãos dadas na criação de projetos open source “que são críticos para a produção de filmes”, refere um representante da fundação.

Com o anúncio dos novos membros, a fundação revelou também o primeiro projeto open source. Trata-se do OpenVDB, uma ferramenta para criar imagens volumétricas, que até aqui tinham sido criadas e disponibilizadas pela DreamWorks Animation a outros estúdios. A tecnologia, que foi implementada em filmes como Boss Baby e Trolls, passa a ser agora de código aberto para os seus membros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.