Mais do que uma buzzword, a tecnologia de blockchain está a provar valor em muitas situações da indústria e tem ainda um enorme potencial para crescer. A SAP defende que a estratégia deve passar pela utilização pragmática da tecnologia e a garantia de maior flexibilidade para desenvolver e consumir aplicações baseadas em blockchain, e por isso acaba de estabelecer uma parceria com a Microsoft.

Na prática a colaboração garante interoperabilidade entre as duas plataformas, de um lado os serviços de blockchain da SAP Cloud Platform e do outro o Microsoft Azure. Os clientes vão poder desenvolver os serviços de blockchain na cloud da Microsoft de forma integrada.

As duas empresas vão trabalhar em conjunto a nível da tecnologia e explorar possibilidades de aprofundar serviços nesta área, como anunciou Juergen Mueller, CTO da SAP, na conferência TechEd, em Barcelona.

Europa tem mais de 40 projetos de I&D em blockchain a decorrer
Europa tem mais de 40 projetos de I&D em blockchain a decorrer
Ver artigo

“Estamos a apostar em blockchain e temos vários casos de sucesso, um deles desenvolvido com a indústria farmacêutica nos EUA que vai permitir evitar que medicamentos devolvidos tenham de ser destruídos. Ao fazer a análise da sua proveniência, num modelo descentralizado que usa blockchain, podemos recoloca-los no mercado”, explica, admitindo que isso é possível porque todas as empresas farmacêuticas nos USA têm sistemas SAP.

Entre os casos de aplicações de blockchain conta-se também um projecto com a Deutsche Telekom para combater o roubo de telemóveis, criando uma lista de IMEI (número de identificação do telemóvel) que possa ser partilhado impedindo o acesso a outras redes, e não apenas da operadora alemã.

Nota da Redação: A jornalista viajou a convite da SAP.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.