A Comissão Europeia anunciou que vai investir 128 milhões de euros em 23 novos projetos de investigação para fazer face à pandemia de COVID-19. O investimento, feito através do programa Horizonte 2020, faz parte da iniciativa Coronavirus Global Response de 1,4 mil milhões lançada em maio deste ano pela presidente Ursula von der Leyen.

Ao todo, os 23 projetos que complementam as iniciativas já postas em prática incluem 347 equipas de investigadores de 40 países. A Comissão Europeia explica que o investimento permitirá aos especialistas ganhar uma melhor compreensão da pandemia e das suas consequências, assim como fortalecer a capacidade de produção de soluções e o desenvolvimento de tecnologias e ferramentas na área da medicina.

Clique na galeria para conhecer os 23 projetos que vão ser financiados por Bruxelas

Em destaque estão dois projetos de investigação liderados por equipas portuguesas: o ICU4Covid (Cyber-Physical Intensive Care Medical System for Covid-19) da UNINOVA - Instituto de Desenvolvimento de Novas Tecnologias e o INNO4COV-19 (Boosting Innovation for COVID-19 Diagnostic, Prevention and Surveillance) do Laboratório Ibérico Internacional de Nanotecnologia (INL).

Ambos foram selecionados na categoria de desenvolvimento de tecnologias médicas, de ferramentas digitais e Inteligência Artificial. Neste âmbito, os 13 projetos selecionados por Bruxelas, que receberão um total de 55,2 milhões de euros, têm como objetivo melhorar a deteção, a supervisão e a assistência aos doentes através de novos dispositivos que permitam um diagnóstico mais rápido, barato e fácil e que protejam os trabalhadores do setor da saúde.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.