Devido à pandemia de COVID-19 os nossos estilos de vida tornaram-se ainda mais digitais. Para quem está a cumprir funções remotamente, nem sempre é fácil fazer uma separação da esfera do trabalho da de casa: as horas passadas ao computador vão-se prolongando e a vista vai tornando-se cada vez mais cansada.

Além disso, são vários os estudos que indicam que demasiada exposição à luz azul emitida pelos ecrãs dos equipamentos pode afetar a produção de melatonina e prejudicar o funcionamento do relógio biológico do cérebro, causando uma disrupção no tempo e qualidade do sono.

Através da F.lux é possível ajustar automaticamente o tom da luminosidade emitida pelo ecrã do computador. À medida que o dia vai passando, a aplicação dá um tom mais quente à luz, tornando-a menos intensa e ajudando o utilizador a preparar-se para a hora de dormir.

Para começar a usá-la, precisa apenas de indicar a sua localização geográfica e a hora em que geralmente se vai deitar. Nas definições da aplicação pode configurar a velocidade de transição entre a luminosidade diária e noturna ou, então, escolher um tom que se adapte às suas necessidades.

Por exemplo, se estiver a fazer edição de imagens ou qualquer tipo de trabalho onde seja necessário prestar atenção às cores, pode desativar temporariamente a aplicação e programa-la para se ativar quando lhe for conveniente.

Mas não é tudo: se utilizar lâmpadas inteligentes da Phillips pode até controlar a intensidade da iluminação da sua casa através da app. A F.lux é gratuita e, para já, está apenas disponível para computadores com os sistemas operativos Windows, MacOS e Linux.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.