A Google aproveitou o Dia da Mulher para introduzir uma nova funcionalidade no seu serviço de mapas. Agora, disponível para todos os negócios listados no programa, está uma nova opção que lhes permite evidenciar se são liderados ou fundados por mulheres.

Automatização vai destruir 5 milhões de empregos. Mulheres são as mais afetadas
Automatização vai destruir 5 milhões de empregos. Mulheres são as mais afetadas
Ver artigo

De acordo com a empresa, os utilizadores poderão ver esta informação na zona dos restantes detalhes do negócio. Neste caso, o detalhe estará acompanhado com o símbolo que representa o género feminino.

A gigante norte-americana explica que a ideia surgiu de algumas recomendações dadas por utilizadores, que queriam ver estabelecimentos assinalados com informações referentes ao nível de recetividade a consumidores gays, lésbicas, bissexuais e transexuais.

"Estamos empenhados em organizar a informação de maneira a que todas as pessoas se sintam incluídas", disse o porta-voz da empresa, Liz Davidoff, em comunicado de imprensa. Esta última decisão, sublinha, foi feita com o objetivo de "capacitar os negócios liderados por mulheres para serem bem sucedidos online".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.