A startup Liminal foi a responsável por alguns add-os para a plataforma de videoconferência Zoom, como o ZoomOSC e ZoomISO, criados para transmitir eventos profissionais virtuais. A Zoom reconheceu o potencial destas expansões e anunciou a compra da startup responsável, integrando-as nativamente na plataforma. A aquisição implicou também que os seus dois cofundadores migrassem para a nova casa, ficando responsáveis pela expansão das mesmas.

Com esta aquisição, a Zoom pretende expandir a sua oferta de ferramentas de eventos digitais, ficando preparada tanto para as formas tradicionais como emergentes de comunicação. Numa nota no blog da empresa, Janine Pelosi, responsável pelo marketing, salienta a necessidade de continuar a inovar a sua oferta e a evoluir a sua plataforma para oferecer soluções para as atuais e futuras necessidades. A empresa pretende assim oferecer o melhor do virtual e pessoal em soluções cada vez mais simbióticas, de forma a maximizar a produtividade, flexibilidade e inclusão.

Quanto às ferramentas, a ZoomOSC oferece ferramentas para melhorar os encontros profissionais utilizando o protocolo Open Sound Control, que torna o Zoom integrável em outros softwares, controladores de hardware e servidores de multimédia. O ZoomISO permite exportar o vídeo de cada um dos participantes em outputs separados para sistemas de profissionais, sendo cinco deles exportados em HD.

Desde o Verão que a Zoom tem procurado expandir a sua oferta, tendo anunciado a funcionalidade Eventos, em que os utilizadores organizadores podem criar hubs de eventos, vender os bilhetes e criar sessões múltiplas de streaming a decorrer em simultâneo ao longo do dia.

Com a vacinação e o regresso presencial às empresas durante o verão, a empresa previa um declínio na procura da plataforma, mas com a situação pandémica atual é possível que a Zoom registe um crescimento acentuado. Também se falou num smartphone focado em chamadas através da cloud, o Zom Phone, direcionado aos negócios.

De recordar que em julho a Zoom realizou a sua primeira grande aquisição, a Five9, uma empresa de soluções cloud para centros de contacto, que estava no mercado há 20 anos. Um negócio estimado em 14,7 mil milhões de dólares. Também comprou a Kites GmbH, uma empresa dedicada à tradução de idiomas em tempo real. A plataforma passou a traduzir 12 idiomas em tempo real e a gerar legendas para 30 línguas.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.