"Os dados da semana de 6 a 12 de abril demonstram uma manutenção das tendências recentes de consumo dos portugueses, destacando-se, neste período de Páscoa, uma estabilidade sobretudo nas compras físicas, num contexto de restrição de deslocações em território nacional", refere o comunicado partilhado pela SIBS com os indicadores das transações eletrónicas na rede Multibanco e na app MB Way. Mesmo assim, as compras nas lojas físicas caíram 51% e online baixaram 16% face ao período antes do primeiro caso registado de COVID-19, na segunda semana de março.

A maioria dos indicadores mantiveram-se constantes face à semana anterior, apenas com um "ligeiro decréscimo nas compras online e nas compras físicas", que caíram 3 pontos e 1 ponto, respetivamente, indica a organização que gere a rede Multibanco.

Mesmo com o confinamento dentro do concelho de residência que foi decretado na semana da Páscoa, os portugueses mantiveram alguns padrões de compras, com os sectores de Super & Hipermercados, Pequena distribuição alimentar, Bebidas & Tabaco, Farmácias e Parafarmácias a representarem 70% do total de compras em lojas físicas. O valor médio por compra baixou também ligeiramente, reduzindo 2,4% nas compras em loja.

Nas compras online registou-se igualmente uma descida do valor médio, que baixou 3,2%, e apesar de terem o maior peso na ponderação de compras, estão 16% abaixo da média registada antes da pandemia.

Já numa análise por setores, nas compras online a SIBS indica que se mantém o o destaque para o Entretenimento, Cultura e Subscrições, com um aumento de 60% face à semana antes da pandemia. As compras do Comércio Alimentar & Retalho cresceram 41%, enquanto a Restauração, Food Delivery e Take Away subiram 40%.

Venda de tecnologia online cresce 250% e representa um terço do total em Portugal
Venda de tecnologia online cresce 250% e representa um terço do total em Portugal
Ver artigo

A utilização do MB Way, que tem sido promovida como uma forma mais segura de pagamento online e também nas lojas físicas, já que dispensa o contacto com os equipamentos, continua também a crescer. Na última semana reforçou o peso no total das compras em Portugal.

"De assinalar que, na semana de 6 a 12 de abril, o número de pagamentos com MB WAY no comércio online voltou a superar a média registada antes da pandemia e mais 2 pontos relativamente à semana anterior. Também nas compras em loja, as transações através do MB WAY aumentaram 2 pontos face à semana de 30 de março a 5 de abril, estando agora mais perto de alcançar a média registada antes do primeiro caso de COVID-19 em Portugal", refere a SIBS.

Como seria de esperar, a quebra de consumo de portugueses no estrangeiro e de estrangeiros em Portugal mantém-se praticamente inalterada face à semana anterior, em níveis de -68% e -85%, respetivamente, face à média semanal antes do inicio da crise da COVID-19.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada com mais informação. Última atualização 15h57

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.