Apesar da proliferação dos serviços em Cloud, que facilitam a vida dos utilizadores que necessitem ter os seus documentos e ficheiros à distância de um clique, em qualquer dispositivo, a dependência de internet pode causar alguns transtornos em locais sem rede ou ligações lentas. E um ficheiro que há momentos se estava a trabalhar pode dicar indisponível mediante a obrigação de estar sempre online. É nesse sentido que a Google está a testar um upgrade no seu serviço de armazenamento online Drive para trabalhar offline.

Até agora, o Google Drive já permitia armazenar offline documentos criados com as suas ferramentas, como o Google Docs, Sheets e Slides, mas a nova beta expande a outro tipo de ficheiros como PDFs, imagens, Microsoft Office e outros ficheiros não relacionados com a Google que podem ser acedidos offline através do Chrome. Para aceder à beta do Drive deverá visitar o seguinte endereço.

Para já, apenas organizações com o G Suite podem inscrever-se para testar a nova funcionalidade, mas apenas através do browser Chrome. Para tal terá de ligar o modo offline nas definições do Drive ou Docs, através de uma conta associada ao serviço da Google. Nesta fase, o sistema não funciona no Chrome OS, que irá receber mais tarde a compatibilidade.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.