Desde que a Sony anunciou oficialmente o seu novo sistema de realidade virtual, PSVR para a PlayStation 5, sem adiantar nome ou data oficial, a gigante japonesa nunca mais falou sobre o seu headset. Durante os trabalhos de apresentação de contas, a Sony terá feito uma conferência privada direcionada a developers dedicada ao equipamento, referindo alguns dos seus detalhes.

Já se sabe que os comandos Move da primeira geração foram abandonados, sendo trocados por um controlador que se espera mais imersivo na experiência de realidade virtual nos videojogos. E os gatilhos adaptativos, o feedback háptico e a deteção do toque dos dedos nos novos periféricos herdam algumas das melhores características do DualSense da PlayStation 5.

Segundo o canal PSVR Without Parole, via VG247, uma reunião com developers, que durou cerca de 90 minutos, foi revelado que o sistema vai oferecer uma resolução de 4000x2040, ou seja 2000x2040 por cada olho. Os ecrãs serão alimentados por suporte a tracking ocular para ajudar o sistema a mostrar no ecrã apenas o que os olhos estão a ver. Ou seja, as áreas periféricas terão menor densidade de pixéis para manter a imagem mais fluída.

Veja imagens do novo headset de realidade virtual da Sony:

O headset, que foi batizado com o nome de produção NGVR, terá um ecrã OLED HDR com um campo de visão de 110 graus. Assim, ao diminuir a qualidade do render das áreas periféricas, o headset vai ganhar performance e dessa forma melhorar a experiência e o tipo de jogos que vai suportar.

Ainda no que diz respeito ao campo técnico do comando, é referido que este tem sensores de toque para o polegar, indicativo e dedo do meio. O sistema sabe quando o comando está a ser tocado e quando não está, a respetiva distância dos dedos. A Sony já havia dito que o design dos comandos oferece um design diferente do convencional, assumindo uma forma de esfera, com um encaixe ergonómico para as mãos, de forma a segurá-lo naturalmente, mas prometendo jogar com a mesma liberdade. A Sony refere que não existem limitações nos movimentos das mãos, o que vai permitir aos developers criar novas experiências inovadoras de gameplay.

Um dos aspetos mais curiosos do rumor diz respeito ao tipo de jogos que a Sony espera trazer para o seu novo equipamento. A empresas quer experiências bem mais complexas, os chamados AAA, jogos mais exigentes da consola. Além disso, quer que esses títulos ofereçam aquilo que chama de lançamento híbrido, permitindo aos jogadores escolher entre o download do jogo normal, ou da sua versão para realidade virtual.

Por fim, está apontado uma data de lançamento para o início de 2022. Informações a serem ainda confirmadas oficialmente pela gigante nipónica.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.