Acabou em desastre, a 13ª missão de lançamento do foguetão Electron, da Rocket Lab. De acordo com a empresa, o problema deu-se quatro minutos depois da descolagem, altura em que já funcionava o segundo conjunto de propulsores.

A Rocket Lab ainda não conseguiu concluir o que é que correu mal, ao certo, mas na transmissão em direto, foi possível ver que a sala de controlo perdeu a ligação ao aparelho numa altura em que este estava também a perder altitude. A equipa responsável pela missão está agora a trabalhar com a FAA (administração federal para a aviação norte-americana) para investigar o acontecimento.

O incidente resultou na perda do foguetão, mas também de sete satélites que seguiam a bordo.

Peter Beck, fundador da Rocket Lab, pediu desculpa pelo sucedido, no Twitter, especialmente aos clientes que acabaram por perder as suas cargas no acidente. Beck reforçou que a empresa está empenhada em aprender com os erros e recordou que a indústria espacial não é misericordiosa. Note que a empresa não deverá voltar a voar até que a causa do problema tenha sido apurada e resolvida.

Um dos clientes que foi afetado pelo acidente foi a Canon. A empresa está a montar um sistema de captação de imagens da Terra, pelo que a colocação deste satélite em órbita era essencial para os planos da marca.

O acidente dá-se depois de 11 lançamentos bem-sucedidos. Este não será o fim da empresa, mas impacta negativamente a sua reputação, o que deverá afastar potenciais clientes desta opção de transporte espacial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.