Os planos passam por reiniciar o serviço a uma escala menor, com poucos carros e num trajeto reduzido: entre dois escritórios da empresa em Pittsburgh, onde os veículos autónomos começaram por circular, em 2016, afirmou a porta-voz Sarah Abboud, citada pela Reuters. A empresa já terá recebido a aprovação das autoridades do Estado norte-americano da Pensilvânia para avançar.

As novas intenções contrastam com a operação anterior, formada por uma frota alargada de carros autónomos (cerca de 200), distribuídos por vários estados norte-americanos, que circulavam em vias públicas, mesmo à noite, em zonas de muitos pedestres e com um único motorista de reserva no banco da frente.

Desta vez, os Uber autónomos não vão circular durante a noite ou em dias de chuva e não poderão ultrapassar os 40 km/h, acrescentou a porta-voz. Além disso, haverá dois funcionários da empresa nos bancos da frente e não há planos para retomar as viagens com passageiros, como acontecia.

O programa estava suspenso desde março de 2017, após um acidente no estado norte-americano do Arizona, em que um dos veículos atropelou mortalmente uma mulher que atravessava uma rua durante a noite.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.