A Guts United, o estúdio de programadores russos por trás de I am Innocent, aproveitou o sucesso daquele que se acabou por tornar num dos seus videojogos mais conhecidos para criar Sentence. O título combina mistério e terror psicológico numa aventura interativa que promete não deixar os entusiastas de thrillers indiferentes.

Em Sentence o jogador encarna o papel de um detetive numa pequena localidade. As autoridades depararam-se com um número alarmante de casos em que jovens são raptadas e assassinadas. A polícia local já prendeu um suspeito, mas caberá a si descobrir quem é o verdadeiro culpado por trás desta série de crimes tenebrosos.

À semelhança de I am Innocent, grande parte do jogo é passada numa espécie de “smartphone virtual”. No caso de Sentence, o jogador terá de entrar em contacto com várias personagens, desde amigos a completos desconhecidos, para tentar recolher mais informações sobre os crimes, sendo que rapidamente se aperceberá que o melhor é mesmo não confiar em quem quer que seja.

O “smartphone virtual” será também a sua ferramenta principal enquanto detetive e terá de utilizá-lo para analisar pistas, hackear bases de dados e até mesmo bisbilhotar as conversas de suspeitos. É preciso ter em conta que, para se manter desafiante, o jogo poderá tomar diferentes rumos consoante a forma como o utilizador completa as fases da sua missão. Em Sentence as aparências iludem e terá mesmo de pôr à prova as suas competências de dedução para compor as peças do “puzzle”.

A aplicação está disponível tanto para Android, na Play Store, como para iOS, na App Store e, embora seja gratuita, os utilizadores podem comprar “moedas virtuais” que os poderão ajudar a decifrar as partes mais complicadas dos desafios.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.