Os candidatos devem ter obtido uma licenciatura ou um mestrado há menos de seis anos ou o grau académico de doutor há menos de três anos, em áreas científicas e tecnológicas nos domínios da competência do CERN, a  organização europeia para a pesquisa nuclear.

A fluência na língua inglesa também é uma das condições para concorrer aos estágios tecnológicos para engenheiros associados no CERN, os quais têm uma bolsa anual, mas que, mediante aprovação da FCT, podem ser estendidas até um máximo de dois anos.

Esta oportunidade de formação no CERN pretende dar aos jovens investigadores portugueses a possibilidade de realizarem formação avançada naquela organização científica internacional.

Nestes estágios, os candidatos devem desenvolver um plano de formação complementar (on-the-job training) em domínios tecnológicos estratégicos para o aumento da competitividade das empresas portuguesas.

O acordo celebrado entre a FCT e o CERN faz parte do programa de estágios tecnológicos da FCT para formação avançada de jovens portugueses em grandes organizações científicas internacionais, em que se incluem também o Observatório Europeu do Sul (ESO) e a Agência Espacial Europeia (ESA).

Aqui pode ter mais informações sobre o concurso de bolsas de estágios tecnológicos no CERN.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.