A primeira informação importante é que o 2015 RN35, que a ESA já batizou de asteroide Natal, não é uma ameaça para a Terra. Mesmo assim pode ser uma missão importante descobrir tudo sobre este objeto que na sua órbita vai passar pelo nosso planeta.

A ideia é que os astrónomos amadores e candidatos interessados a essa classificação possam usar o kis asteroide da Agência Espacial Europeia (ESA na sigla em inglês) e acompanhar o asteroide que vai passar pela Terra a 15 de dezembro, fazendo a sua maior aproximação por volta das 8h12 minutos.

É perto o suficiente para permitir uma observação com instrumentos adequados, mas ainda assim vai estar a 686 mil quilómetros de distância, o equivalente a duas vezes a distância até à Lua.

Veja as imagens onde se explica a missão

São os astrónomos do hemisfério sul que vão estar mais bem posicionados nesta data, mas os europeus têm também possibilidade de seguir o 2015 RN35 nos dias seguintes, até 19 de dezembro, altura em que o asteroide terá uma magnitude visual abaixo de 14, mais reduzida do que Plutão.

Os telescópios com mais de 30 cm vão poder detetar o asteroide e a ESA quer ver todas as observações, pedindo para usar a  #ESAChristmasAsteroid nas redes sociais e partilhar os posts com a conta @esaoperations.

Existem mais de 30 mil asteroides identificados e na lista de possíveis ameaças reunidas pelo Gabinete de Defesa Planetária da ESA continuam a constar perto de 1.400 elementos espaciais “flutuantes” classificados como de risco.

Veja o vídeo sobre a observação de asteroides do centro de coordenação NEOCC baseado em Roma

Pode aceder ao kit asteroide através do site da ESA e há mais informação sobre o 2015 RN35 na página dedicada ao asteroide Natal.

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.