A tecnologia de reconhecimento facial está a ser utilizada em todo o lado. Os governos e as empresas justificam a implementação destes sistemas com razões de segurança, mas a recolha dos dados biométricos está a dar-lhes cada vez mais poder sobre os utilizadores e os cidadãos. E é por culpa desta nova relação com a tecnologia que designers, académicos e ativistas se juntam hoje para criar peças e soluções eletrónicas capazes de ludibriar estes sistemas.

O reconhecimento facial é cada vez mais comum e há um movimento para o combater
O reconhecimento facial é cada vez mais comum e há um movimento para o combater
Ver artigo

O software de reconhecimento facial utiliza inteligência artificial para detetar rostos e figuras humanas em tempo real, mas a tecnologia é falível e pode ser facilmente enganada com recriações artificiais dos traços humanos.

Pode ver na galeria algumas das criações mais populares dos últimos meses para enganar o reconhecimento facial

Há criações que confundem a IA, levando-a a pensar que está a olhar para outra coisa que não uma cara, e há outras que recorrem a rostos falsos para impedir o sistema de fazer uma identificação precisa.

Os designs são ainda um nicho e têm surgido como parte de projetos artísticos ou académicos, especialmente depois de terem despoletado os protestos em Hong Kong, onde as autoridades recorrem a estas ferramentas para identificar e deter protestantes.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.