A Apple disponibilizou a versão 15.1 do iOS e com ela algumas novidades aguardadas no sistema operativo do iPhone, como a possibilidade de fazer vídeos com suporte ProRes, chegam ao iPhone 13 Pro e ao iPhone 13 Pro Max (os modelos detalhados na galeria de imagens abaixo). 

O ProRes é um formato de compressão de vídeo criado pela Apple que, comparativamente a outros, usa uma taxa de compressão mais baixa e por isso com menos impacto na qualidade do vídeo. Também se destaca de outros formatos por ter um processo de descodificação e codificação mais rápido. É usado sobretudo para fins profissionais, mas agora fica ao alcance de qualquer utilizador de um dos dois modelos, ainda que na prática seja um recurso limitado, devido ao espaço que cada vídeo captado neste formato vai usar no equipamento. 

Há já experiências que mostram a “ginástica” necessária para tirar partido da nova opção, sem esgotar o espaço disponível para armazenamento. O site India Today fez algumas e concluiu que um vídeo de 17 segundos gravado com uma resolução de imagem de 1080p HD, a 60 fps, vai ocupar 927 MB de espaço no iPhone 13 Pro Max. Extrapolando, percebe-se que um minuto de vídeo nas mesmas condições vai precisar de quase 4GB. Se a captura for feita em 4k (a 30 fps), um vídeo de 28 segundos precisará de 2,57 GB para ser “arrumado” num iPhone 13 Pro Max. 

Há seis opções para criar vídeos em ProRes, nos dois modelos que suportam o formato, isto nas versões do iPhone 13 com 256 GB, 512 GB e 1 TB para armazenamento. Em 4k, pode experimentar fazê-lo a 30 fps, 25 fps ou 24 fps. Em 1080p HD a 25 fps, 30, fps ou 60 fps. 

Na versão com 128 GB de storage, o ProRes pode ser usado apenas em combinação com uma resolução de imagem de 1080p HD, a 25 ou 30 fps e percebe-se porquê. O resultado de uma gravação noutra combinação não caberia no espaço disponível para armazenamento. 

Contas feitas, o iPhone 13 com 1 TB de espaço para armazenamento é a opção mais indicada para quem planeia tirar muito partido deste formato de compressão, que interessa sobretudo a profissionais. 

Para tirar partido do ProRes é preciso fazer a atualização do iOS para a versão 15.1. A opção pode depois ser ativada nas definições da câmara, entre as opções de formatos, e fica disponível para seleção, sempre que o utilizador for gravar um vídeo.   

 Entretanto veja ou recorde outras cinco novidades em destaque na versão 15 do sistema operativo móvel da Apple. 

Partilha facilitada no FaceTime

Além de chamadas telefónicas via Facetime mais naturais, com suporte a áudio espacial, e de ser possível ligar a visão em grelha (Grid View) e o modo Portrait, a app permite agora ainda gerar endereços que podem ser partilhados por mensagem através do FaceTime Links. A tecnologia é compatível com outras aplicações, incluindo WhatsApp em equipamentos Android.

O SharePlay permite ouvir músicas com amigos e partilhar vídeo durante a conversação. Ao pressionar o botão SharePlay, um utilizador passa a partilhar o conteúdo que está a assistir, com apenas um toque, com todos os amigos da chamada e pode manter o ecrã do conteúdo enquanto continuam a conversar por mensagens, mantendo-o também sincronizado.

Já a funcionalidade Share with You permite guardar links na conversa, criando uma espécie de playlist de conteúdos partilhados que podem ser consultados mais tarde. A secção pode ser utilizada para a partilha de memórias de fotografias e vídeos, numa coleção criada pelos próprios amigos e familiares. Os conteLinks, imagens ou músicas dos serviços podem ser partilhadas entre os equipamentos da Apple.

Um novo modo para manter o foco

Outra novidade são as ferramentas para ajudar os utilizadores a manterem-se focados. Através do Focus Mode será possível desligar todos os alertas, exceto para as apps ou pessoas que o utilizador considere essenciais de manter as notificações. Poderá definir perfis para o trabalho, dormir e outras atividades. Estes perfis podem estar associados à forma como organiza as apps no ecrã de Home.

Texto que ganha mais “vida”

O sistema Live Text permite “extrair” palavras ou texto que existem em fotografias, permitindo a sua edição num documento. Por exemplo, um quadro com uma lista de tarefas escrita pode ser rapidamente registado através da câmara fotográfica.

Um pano de fundo para ajudar a acalmar

A novidade enquadra-se no conjunto de funcionalidades de acessibilidade apresentadas pela Apple em maio deste ano. A funcionalidade Sons de Fundo foi concebida especialmente para quem sente dificuldade em lidar com determinados sons do dia-a-dia. Através dela, os utilizadores podem criar um “pano de fundo” sonoro mais calmante e que promete ajudar a minimizar possíveis distrações.

Mapas de “cara lavada”

O Maps foi atualizado com novas funcionalidades, que chegam também a Portugal, com localizações em 3D, onde é possível, por exemplo, ver elevações com detalhe. Os marcos principais, como pontes e monumentos são agora representados tridimensionalmente para facilitar a navegação. A visão aérea das estradas é também mais detalhada, permitindo ver os semáforos e cruzamentos com um detalhe "impossível" de enganar.

Há também novidades concebidas para as viagens a pé, com funcionalidades sincronizadas com o smartphone. A app tem ainda novos elementos de realidade aumentada com setas flutuantes, para facilitar a navegação pela cidade. Nesta galeria pode conhecer mais em detalhes as novidades do iOS 15. 

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.