A Sony acaba de lançar no Japão, em parceria com cinco outras empresas, um serviço que permite ao utilizador chamar um táxi. A S.Ride pretende rivalizar com a Uber, que já tinha adotado uma solução semelhante anteriormente, pelo facto de não ser possível operar no Japão com o seu típico serviço de pedido de transporte.

Devido a essa proibição, a Uber e a Sony voltaram-se para um tipo de serviço alternativo, que consiste numa app que possibilita chamar táxis de empresas do sector que trabalham como parceiras. No caso da Sony, a parceria inclui a Daiwa e a Kokusai, duas das maiores companhias de táxis de Tóquio. A dimensão total da frota associada à Sony ultrapassa os 10 mil carros, sendo que para já a S.Ride funciona apenas na capital japonesa.

Em comunicado de imprensa citado pela Verge, a Sony indica que o S em S.Ride não tem a ver com o nome da empresa, mas sim com o facto de apresentar o serviço como “simples, inteligente e rápido” (“simple, smart and speedy"). O comunicado refere também que a aplicação utiliza tecnologia de Inteligência Artificial para prever onde irá existir maior procura por táxis, podendo assim mandar os seus motoristas para essas zonas antecipadamente.

A JapanTaxi é a aplicação para chamar de táxis mais popular no país, tendo ao seu dispor uma frota de 60 mil veículos em todo o território. No entanto, com a aproximação dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020, grandes empresas como a Uber e a Sony também pretendem competir no mercado japonês, sendo que a Sony já manifestou que não planeia lançar a app fora do seu país de origem.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.