Alemanha e Reino Unido foram os países que apresentaram o maior número de candidaturas nesta edição dos European Broadband Awards, uma competição que pretende identificar e premiar as boas práticas de planeamento, gestão e implementação de redes de banda larga na União Europeia. Portugal não candidatou qualquer projeto nesta edição.

A maioria dos projetos submetidos concorriam à categoria 3, relativa ao impacto sócio- económico em áreas rurais e remotas. “Innovative models of financing , business and investment”, “Cost reduction measures and co-investment”, “Demand generation and take-up of connectivity” e “Quality and affordability of services” constituíam as restantes categorias a concurso nos European Broadband Awards de 2019.

Os vencedores – um por categoria – serão conhecidos a 2 de dezembro próximo, apresentando os projetos ao público no dia seguinte, durante a conferência B-Day. Por enquanto pode conhecer os finalistas da competição a partir do mapa disponível nesta página online.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.