O número insuficiente de colaboradores qualificados no mercado de trabalho europeu está a impedir a transformação digital das empresas, considera Bruxelas.

Mais de metade das empresas que recrutaram ou tentaram recrutar especialistas em TIC apontaram dificuldades em preencher tais vagas. “Isso significa que as empresas não são capazes de inovar e de usar tecnologias digitais avançadas, já que lutam para encontrar especialistas em tecnologias, principalmente em áreas como a cibersegurança, supercomputação ou big data”.

A Europa tem de resolver este gap de competências digitais se quiser continuar a ser competitiva a nível global e foi por essa razão que Bruxelas lançou esta call for action, convidando empresas, organizações, escolas e instituições a unirem esforços.

Criteo, TIM, Ubiwhere e o Swiss Federal Institute of Technology Lausanne foram as primeiras organizações a aderirem a esta espécie de memorando, no Web Summit. A call for action “Digital Skills, your future” é explicada e pode ser assinada acedendo a este link.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.