Depois dos rumores de que a nova geração de videojogos iria ficar mais cara em cerca de 10 euros para os fãs de gaming, a Sony confirmou alguns dos preços do seu catálogo inicial da PS5, com os mais dispendiosos a chegar aos 79,99 euros. Os dois títulos mais caros são o remake de Demon’s Souls e Destruction AllStars da Lucid Games, ambos a 79,99 euros. Mas também a Ultimate Edition de Marvel’s Spider-Man: Miles Morales terá esse preço, caso não opte pela versão standard a 59,99 euros.

No comunicado da Sony, a fabricante refere que os títulos do seu catálogo exclusivo, produzidos pelos seus estúdios internos, variam entre os 59,99 e os 79,99 euros. Sackboy A Big Adventure também faz parte das escolhas iniciais e custará 69,99 euros. De referir que quem comprar a PS5 receberá gratuitamente, e pré-instalado na consola o Astro’s Playroom.

À parte dos jogos, a consola será acompanhada de vários acessórios que pode adquirir em separado. Um comando sem fios DualSense adicional custa 69,99 euros. Os Auscultadores sem fios com microfone PULSE 3D, com suporte a áudio 3D e dois microfones para cancelamento de ruído custam 99,99 euros.

Se optar por uma câmara HD, com lentes duplas para captação a 1080p, ideal para jogadores que queiram fazer streaming diretamente da consola, terá de pagar 59,99 euros. O comando universal de multimédia custa 29,99 euros. Por fim, caso queira recarregar os comandos numa base própria, cada uma terá um valor de 29,99 euros.

Durante a noite de ontem a Sony revelou finalmente o preço das suas novas consolas. A versão normal custará 499 euros e a versão digital será a 399 euros. Quanto ao lançamento, os Estados Unidos, Canadá, México, Austrália, Nova Zelândia e Coreia do Sul recebem a consola mais cedo, na mesma janela de lançamento da sua rival, a 12 de novembro (a Xbox sai no dia 10), mas o resto do mundo, Portugal incluído, chega no dia 19 de novembro.

A Microsoft ainda não confirmou oficialmente o preço dos seus jogos, até porque todos eles vão estar disponíveis gratuitamente para assinantes do serviço Game Pass. No entanto, os especialistas apontam para preços equivalentes, nas editoras que lançarem jogos para as duas consolas.

Trata-se do primeiro aumento de preço em 15 anos dos videojogos, considerando que Call of Duty 2 foi o primeiro a apresentar um preço de 69,99 euros no seu lançamento.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Notificações

Subscreva as notificações SAPO Tek e receba a informações de tecnologia.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.