A Strategy Analytics estima que, durante o segundo semestre deste ano, a procura por smartwatches tenha aumentado na ordem dos 47%, face ao período homólogo. Foram expedidas mais de 18,1 milhões de unidades entre abril, maio e junho, pelo que as vendas das fabricantes, neste segmento, acabaram por retomar o ritmo pré-pandemia.

A analista acredita que o crescimento se deve à procura por aparelhos pessoais de saúde. A empresa não pode provar que o retorno à normalidade, que vai acontecendo de forma gradual um pouco por todo o mundo, tenha influenciado os números, mas acredita que a vontade das pessoas em voltar a sair à rua esteja a consequenciar-se nestes resultados.

Imagens e especificações do Samsung Galaxy Watch 4 e do Watch 4 Classic já circulam
Imagens e especificações do Samsung Galaxy Watch 4 e do Watch 4 Classic já circulam
Ver artigo

A Apple foi a tecnológica que mais beneficiou com a procura. A empresa lidera o mercado com uma quota de 52%, muito por conta do Apple Watch Series 6, que foi o modelo mais popular da primavera. Apesar de ficar com o segundo lugar, a Samsung viu as suas vendas crescer 54% face ao segundo trimestre de 2020. No caso da Garmin, o crescimento chegou aos 25%.

A tendência pode manter-se, uma vez que devemos estar prestes a conhecer o próximo smartwatch da Apple e a Samsung deu a conhecer o seu último Galaxy Watch há menos de um mês. A Strategy Analytics acredita que os relógios LTE das marcas chinesas, Oppo e Xiaomi, que apelam a um segmento de mercado que procura versões mais económicas, também deverão ajudar a alavancar as vendas ao longo dos próximos meses.

Apple Watch Series 7 poderá ser maior e ter laterais planas
Apple Watch Series 7 poderá ser maior e ter laterais planas
Ver artigo

Não perca as principais novidades do mundo da tecnologia!

Subscreva a newsletter do SAPO Tek.

As novidades de todos os gadgets, jogos e aplicações!

Ative as notificações do SAPO Tek.

Newton, se pudesse, seguiria.

Siga o SAPO Tek nas redes sociais. Use a #SAPOtek nas suas publicações.