A iniciativa 100% fibra junta a operadora de telecomunicações e seis municípios portugueses, mas ainda esta semana a Altice vai fazer um périplo por vários municípios do alto Alentejo onde serão anunciados mais investimento em fibra ótica. Hoje a empresa anuncia que as autarquias que vão realizar este projeto são Beja, Cartaxo, Seia, Seixal, Sintra e Vieira do Minho, onde 10 freguesias vão ter uma cobertura total, de 100%, em fibra ótica até 30 de junho.

Alexandre Fonseca, presidente executivo Altice Portugal, explica que esta ligação a 100% significa que "100% do território e população estão servidos por fibra ótica e a totalidade de serviços até 30 de junho 2019 será em fibra ótica, mudando o paradigma anterior, que era baseado noutras redes, de cobre", afirmou durante a conferência que decorre no Showroom da Altice em Lisboa.

O responsável pela empresa salienta que desde 2015 a Altice já espalhou "mais de 3 milhões de quilómetros de fibra" e que está a fazer o caminho para chegar ao compromisso de ter 100% da população coberta até 2020.

"Estamos a falar de mais investimento, mais inovação mas também de mais desenvolvimento. Somos líderes mas temos sido pioneiros, o que é diferente", afirmou, complementando que "o investimento em infraestruturas é diferente, independentemente de ser em uma década ou 10 décadas, ficam para geração futura, são chave para aumentar a competitividade".

Alexandre Fonseca deixa ainda a mensagem de que "estas 10 freguesias são só as primeiras, dezenas, eu diria centenas de outras, vão seguir-se e migrar as redes já quase obsoletas de cobre para fibra ótica", sublinhou.

Chegar a mais freguesias num projeto piloto

"Quisemos anunciar neste momento um novo movimento do projeto de fibra ótica e fizemo-lo mais uma vez numa lógica não centrada nos centros urbanos, mas relativamente distribuída pelo país", afirmou Luis Alveirinho, CTO da Altice Portugal,  na conferência de imprensa que decorre em Lisboa. "Estamos a fechar freguesias, estamos a fechar concelhos", explica, adiantando que "este é o princípio de algo maior que vamos partilhar convosco ao longo dos próximos meses e até 2020".

Luis Alveirinho lembra que a aposta na fibra pela Portugal Telecom, agora Altice Portugal, começou em 2006/2007  e que tem evoluído para chegar aos 100% no próximo ano, e que este é um passo importante para cobrir as áreas que faltam.

Fibra da PT já chega a 4 milhões de casas. E há novas ofertas Gigabit a partir de 44€
Fibra da PT já chega a 4 milhões de casas. E há novas ofertas Gigabit a partir de 44€
Ver artigo

Segundo os últimos números, a Altice tem já quatro milhões e seiscentas mil casas com acesso à sua rede de fibra ótica, o que corresponde a mais de 70% das casas do país, mas o objetivo é para em 2020 chegar próximo dos 100%, como tem defendido Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal.

Os autarcas presentes destacaram sobretudo a importância que estas ligações em fibra têm para a atração de investimento no interior, e em territórios de baixa densidade, para as empresas e para a fixação da população. "O que estamos aqui a fazer é futuro e estamos a dizer que Portugal, através dos seus organsmos públicos e investimento privado, quer estar na vanguarda do que é um direito fundamental de qualquer cidadão, que é ter acesso a dados através de uma infraestrutura de alta qualidade independentemente do ponto onde esteja localizado", sublinhou Pedro Cegonho, presidente da Associação Nacional de Freguesias - ANAFRE, que vê no futuro a possibilidade de que todas as 3.092  freguesias estejam cobertas a a 100% por fibra.

O alargamento da cobertura nas zonas do interior tem sido uma das exigência da Anacom, que defende que o acesso à tecnologia é um elemento fundamental para evitar a desertificação do país, assim como a importância de promover a coesão do território.

Há cada vez mais portugueses a pagar para ver televisão. A fibra ótica é o acesso mais comum
Há cada vez mais portugueses a pagar para ver televisão. A fibra ótica é o acesso mais comum
Ver artigo

Recorde-se que a Altice está a avaliar a possibilidade de venda da sua rede de fibra ótica e que até final do segundo semestre deve haver uma decisão. Para já a empresa tem mais de uma dúzia de interessados no negócio.

Nota da Redação: A notícia foi atualizada durante a conferência de impresna que decorreu em Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.