A Associação Vida Norte lançou no passado dia 1 de junho a aplicação gratuita Bebé App, com o objetivo de combater a iliteracia ligada à saúde das jovens mães e tentar diminuir o acesso recorrente às urgências dos hospitais. A app destina-se a cuidadores de crianças até aos 6 anos de idade, contendo despistes dos sintomas que representam motivos frequentes de recurso aos serviços de urgência pediátricos.

Em declarações à Agência Lusa, a presidente da associação explicou que “no âmbito da nossa intervenção percebemos que existiam algumas carências de literacia ligada à saúde das mães que acompanhamos e que frequentemente se dirigiam às urgências por questões associadas à febre, vómitos e diarreia e que poderiam ser precavidas".

Isabel Pessanha Moreira acrescenta que "após contacto com vários médicos, percebemos ser também preocupação dos profissionais de saúde o recurso excessivo às urgências, sobrecarregando os serviços e expondo as crianças a outras infeções".

Isabel Pessanha Moreira revelou ainda que antes do lançamento a Bebé App "foi apresentada a vários especialistas que consideraram ser um projeto inovador" tendo sido já integrada na "Biblioteca de Literacia em Saúde do Serviço Nacional de Saúde".

Contudo, a disponibilidade da aplicação "não substitui a consulta a um profissional de saúde". Para a diretora da Associação Vida Norte, a Bebé App “é uma orientação para os pais, muitas vezes inexperientes, saberem o que fazer perante certos sinais e sintomas que a criança tem".

A aplicação é compatível com os sistemas operativos Android e está otimizada para uso nos dispositivos móveis mais comuns, podendo ser descarregada gratuitamente no Google Play.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Tek. Diariamente. No seu email.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.